Edição: 24.5 - 16 Artigo(s)

Voltar ao Sumário

Artigo de Revisão Sistemático | Artigo na íntegra em português

ÍNDICE GLICÊMICO DA REFEIÇÃO PRÉ-EXERCÍCIO NO DIABETES MELLITUS: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA

GLYCEMIC INDEX OF PRE-EXERCISE MEAL IN DIABETES MELLITUS: A SYSTEMATIC REVIEW

ÍNDICE GLICÉMICO DE COMIDA PRE-EJERCICIO EN LA DIABETES MELLITUS: UNA REVISIÓN SISTEMÁTICA

Valéria Cristina de Faria, Luciana Moreira Lima, Danielle Aparecida Gomes Pereira

1. Universidade Federal de Minas Gerais, Posgraduate Program in Rehabilitation Sciences, Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil. 2. Universidade Federal de Viçosa, Department of Medicine and Nursing, Viçosa, MG, Brazil.

Danielle Aparecida Gomes Pereira, Universidade Federal de Minas Gerais, Department of Physiotherapy. Av. Antônio Carlos, 6.627, Pampulha, Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil. 31270-901 danielleufmg@gmail.com

Recebido em 08/10/2016
Aceito em 12/04/2018

Resumo

Exercício físico e qualidade da alimentação são fundamentais para o controle glicêmico dos pacientes diabéticos, porém é necessário considerar o risco de hipoglicemia em resposta ao exercício. Dessa forma, os objetivos deste estudo são: 1) conduzir uma revisão sistemática sobre o índice glicêmico (IG) da refeição pré-exercício e do comportamento glicêmico durante e após exercício aeróbico em diabéticos e 2) discutir qual orientação nutricional pré-exercício seria mais adequada e segura nessa população. Em concordância com os Itens de Relatório Preferidos para Revisões Sistemáticas e Metanálises (PRISMA), dois pesquisadores independentes realizaram uma busca sistemática. Um terceiro pesquisador participou da seleção dos artigos por causa da presença de discrepâncias. Foram selecionados dois estudos e ambos sugerem que a refeição de baixo índice glicêmico (IG) é a melhor opção pré-exercício, e um deles sugere que o tempo ideal para ingestão alimentar é 30 minutos antes do exercício. Porém, esses resultados não são suficientes para definir uma conduta clínica, sendo necessários outros estudos para elucidar se o IG é um parâmetro relevante para o monitoramento clínico do paciente com diabetes mellitus (DM) antes e depois do exercício, principalmente com relação às orientações distintas às do DM tipo 1 e tipo 2. Nível de evidência II; Estudo Prognóstico.

Palavras-chave: Diabetes mellitus; Exercício aeróbico; Comportamento alimentar; Carboidratos; Índice glicêmico; Hipoglicemia.

Abstract

Physical exercise and diet quality are essential for glycemic control of diabetic patients, but consideration must be given to the risk of hypoglycemia in response to exercise. Therefore this study aims at 1) conducting a systematic review of the glycemic index (GI) of the pre-exercise meal and of glycemic behavior during and after aerobic exercise in diabetic subjects, and 2) discussing the safest and most appropriate pre-exercise nutritional guidance for this population. In accordance with the Preferred Reporting Items for Systematic Reviews and Meta-Analyses (PRISMA), two researchers independently undertook a systematic search. A third researcher participated in the selection of articles due to the presence of discrepancies. We selected two studies which both suggest that a low glycemic index (GI) meal is the best pre-exercise option, one of which suggests that the optimal time for food intake is 30 minutes before exercise. However, these results are not sufficient to define a clinical conduct, and other studies are needed to elucidate whether GI is a relevant parameter for pre- and post-exercise clinical monitoring of patients with diabetes mellitus (DM), particularly as regards to the different guidelines for type 1 and type 2 DM. Level of Evidence II; Prognostic Study.

Keywords: Diabetes mellitus; Aerobic exercise; Feeding behavior; Carbohydrate; Glycemic index; Hypoglycemia.

Resumen

Ejercicio físico y la calidad de los alimentos son esenciales para el control glucémico de la diabetes, sin embargo, es necesario prestar atención al riesgo de hipoglucemia en respuesta al ejercicio. Por lo tanto, los objetivos de este estudio son: 1) Realizar una revisión sistemática del índice glucémico (IG) de la comida previa al ejercicio y el comportamiento de la glucemia durante y después del ejercicio aeróbico en los diabéticos y 2) discutir cuál orientación nutricional previa al ejercicio sería más apropiada y segura en esta población. En conformidad con los ítems de Informe Preferido para Revisiones Sistemáticas y Meta-análisis (PRISMA), dos investigadores llevaron a cabo, de forma independiente, una búsqueda sistemática y observaron divergencia; y un tercer investigador participó en la selección de artículos. Se seleccionaron dos estudios, y ambos sugieren que la comida de bajo índice glucémico es la mejor opción antes del ejercicio; uno de ellos sugiere que el tiempo antes de la ingesta de alimentación adecuada es de 30 minutos. Sin embargo, estos resultados no son suficientes para definir una conducta clínica y se necesitan otros estudios para dilucidar si IG es un parámetro relevante para el monitoreo clínico del paciente con diabetes mellitus (DM), durante y después del ejercicio, principalmente en relación con las diferentes orientaciones de DM tipo 1 y tipo 2. Nivel de evidencia II; Estudio Pronóstico.

Palabras-clave: Diabetes mellitus; Ejercicio aeróbico; Conducta alimenticia; Carbohidratos; Índice glucémico; Hipoglucemia.

 

(+55 11) 5087-9502
Rua Machado Bittencourt, 190 – 4º andar
Vila Mariana – São Paulo/SP - CEP: 04044000
atharbme@uol.com.br