Edição: 25.6 - 15 Artigo(s)

Voltar ao Sumário

Artigo Original | Artigo na íntegra em português

EFEITO DO COMPONENTE AERÓBICO NO TREINAMENTO COMBINADO SOBRE A PRESSÃO ARTERIAL DE IDOSAS HIPERTENSAS

EFFECT OF THE AEROBIC COMPONENT OF COMBINED TRAINING ON THE BLOOD PRESSURE OF HYPERTENSIVE ELDERLY WOMEN

EFECTO DEL COMPONENTE AERÓBICO EN EL ENTRENAMIENTO COMBINADO SOBRE LA PRESIÓN ARTERIAL DE MUJERES DE TERCERA EDAD HIPERTENSAS

Magno Petrônio Galvão Leandro, José Luiz Silva de Moura, Gustavo Willames Pimentel Barros, Adilson Pereira da Silva Filho, Aline Cavalcante de Oliveira Farias, Paulo Roberto Cavalcanti Carvalho

1. Universidade Federal de Pernambuco, Centro de Ciências da Saúde, Departamento de Educação Física, Laboratório de Análises Biológicas do Exercício Físico, Recife, PE, Brasil. 2. Universidade Federal de Pernambuco, Hospital das Clínicas, Unidade de Serviço de Promoção da Saúde e Qualidade de Vida, Recife, PE, Brasil. 3. Programa de Pós Graduação em Educação Física, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, PE, Brasil.

Paulo Roberto Cavalcanti Carvalho. Av. Professor Moraes Rêgo, 1235, Cidade Universitária, Recife, PE, Brazil. 50670420. paulo.robertocarvalho@ufpe.br

Recebido em 17/09/2018
Aceito em 15/05/2019

Resumo

Introdução: O treinamento aeróbico (TA), de força (TF) e combinado (TC) já são bem conhecidos como método de tratamento e controle da hipertensão arterial (HA), levando a alterações positivas na redução da pressão arterial (PA), fenômeno denominado hipotensão pós-exercício (HPE). Porém, persistem dúvidas quanto à ordem do treinamento combinado para promoção da HPE. Objetivo: Verificar o efeito da ordem do componente aeróbico no treinamento combinado na HPE em idosas hipertensas. Métodos: Ensaio clínico randomizado composto por 24 idosas hipertensas, distribuídas em três grupos de treinamento: Grupo 1 - Treinamento Aeróbico + Força (TA+TF), Grupo 2 - Treinamento de Força + Aeróbico (TF+TA) e Grupo 3 - Treinamento Aeróbico + Força + Aeróbico (TA+TF+TA). As participantes foram submetidas ao TA com intensidade de 60% da frequência cardíaca de reserva durante 30 minutos e ao TF com quatro exercícios, em três séries de 12 repetições, a 60% de uma repetição máxima (1RM) também de 30 minutos. Os treinamentos foram realizados ao longo de 24 sessões (três vezes por semana), sendo aferidas a pressão arterial sistólica (PAS) e diastólica (PAD) em todos os grupos, nos períodos antes e após cada sessão, e calculada a PA média (PAM). Resultados: As variáveis analisadas não diferiram significativamente entre os grupos, nem no período pré-, nem no pós-treino. A PAM apresentou redução significativa apenas no G1. Porém, o G3 teve efeito maior sobre todas as variáveis analisadas. Conclusão: O treinamento combinado com aeróbico fracionado (G3) gerou grande efeito hipotensor pós-exercício ao longo das 24 sessões, sendo indicado para o público de idosas hipertensas. Nível de evidência II; Estudos terapêuticos.

Palavras-chave: Envelhecimento; Hipertensão; Exercício aeróbico; Treinamento de resistência.

Abstract

Introduction: Aerobic (AT), strength (ST) and combined (CT) training are already well referenced as a method for the treatment and control of arterial hypertension (AH) inducing positive changes in blood pressure (BP) reduction, a phenomenon known as post-exercise hypotension (PEH). However, the correct order of combined training to promote PEH is still unclear. Objective: To verify the effect of the order of the aerobic component in combined training on PEH among hypertensive elderly women. Methods: Randomized clinical trial of 24 elderly hypertensive women allocated to three training groups: Group 1 - Aerobic + Strength Training (AT + ST), Group 2 - Strength + Aerobic Training (ST + AT) and Group 3 - Aerobic + Strength + Aerobic Training (AT + ST + AT). Participants underwent AT at 60% heart rate reserve intensity for 30 minutes and ST with four exercises in three sets of 12 repetitions at 60% of one-repetition maximum (1RM) also for 30 minutes. The training involved 24 sessions (three times a week).Systolic (SBP) and diastolic blood pressure (DBP) were measured in all groups at time points before and after each session, and the mean BP (MBP) was calculated. Results: The variables analyzed did not differ significantly between groups in either the pre- or post-training period. MBP showed a significant reduction only in G1. However, G3 had a greater effect on all the variables analyzed. Conclusion: Combined training with an aerobic component (G3) generated a significant post-exercise hypotensive effect over 24 sessions, and is indicated for elderly hypertensive women. Level of evidence II; Therapeutic studies.

Keywords: Aging; Hypertension; Aerobic exercise; Resistance training.

Resumen

Introducción: El entrenamiento aeróbico (EA), de fuerza (EF) y combinado (EC) ya están bien referenciados como forma de tratamiento y control de la hipertensión arterial (HA) llevando a alteraciones positivas en la reducción de la presión arterial (PA), fenómeno denominado hipotensión post-ejercicio (HPE). Sin embargo, persisten dudas cuanto al orden del entrenamiento combinado para promoción de la HPE. Objetivo: Verificar el efecto del orden del componente aeróbico en el entrenamiento conjunto en la HPE de mujeres de tercera edad hipertensas. Métodos: Ensayo clínico aleatorizado compuesto por 24 mujeres de tercera edad hipertensas, distribuidas en tres grupos de entrenamiento: Grupo 1 – Entrenamiento Aeróbico + Fuerza (EA+EF), Grupo 2 – Entrenamiento de Fuerza + Aeróbico (EF+EA) y Grupo 3 – Entrenamiento Aeróbico + Fuerza + Aeróbico (EA+EF+EA). Las participantes fueron sometidas al EA con intensidad del 60% de la frecuencia cardíaca de reserva durante 30 minutos y al EF con cuatro ejercicios, en tres series de 12 repeticiones, al 60% de una repetición máxima (1RM) también de 30 minutos. Los entrenamientos fueron realizados a lo largo de 24 sesiones (tres veces por semana), siendo medidas la presión arterial sistólica (PAS) y diastólica (PAD) en todos los grupos, en los períodos antes y después de cada sesión, y se calculó la PA media (PAM). Resultados: Las variables analizadas no difirieron significativamente entre los grupos, ni en el momento pre, ni post entrenamiento. La PAM presentó reducción significativa sólo en el G1. Sin embargo, el G3 tuvo efecto mayor sobre todas las variables analizadas. Conclusión: El entrenamiento combinado con aeróbico fraccionado (G3) generó gran efecto hipotensor post ejercicio a lo largo de 24 sesiones, siendo indicado para el público de mujeres de tercera edad hipertensas. Nivel de evidencia II; Estudios terapéuticos.

Palabras-clave: Envejecimiento; Hipertensión; Ejercicio aeróbico; Entrenamiento de resistencia.

 

(+55 11) 5087-9502
Rua Machado Bittencourt, 190 – 4º andar
Vila Mariana – São Paulo/SP - CEP: 04044000
atharbme@uol.com.br